HOME •  INFORMAÇÃO • Artigos
O dia das mães e a escola cristã
Nem ao menos entramos na última semana de abril e já estamos sendo bombardeados por enxurradas de propagandas, que alardeiam as vantagens e benefícios dos produtos supostamente cobiçados pelas mães, alvo comercial do mês de maio.
Alguns cristãos provavelmente julgariam tais ações improcedentes, visto que apenas atendem a apelos mercadológicos, com incentivo do consumo. Ou seja, paremos de presentear, pois afinal de contas, isso não é necessário e não é um mandamento bíblico. Nos dias atuais, alguns abdicariam com facilidade da honra devida aos seus progenitores se não houvesse um dia dedicado a eles, que trouxesse à lembrança dos filhos o papel que desempenharam em sua criação.
Nesse espaço, entretanto, desejamos refletir um pouco sobre o que é requerido dos filhos em relação aos pais (e à mãe em especial) e analisar até que ponto a festividade deve ser integrada aos conteúdos programáticos de uma escola cristã.
Sabemos que a honra aos pais sempre foi requerida por Deus, que deixou isso bem explícito ao dar as tábuas da Lei a Moisés: Êxodo 20:12

“Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor, o teu Deus, te dá”.

A palavra honra nesse texto diz respeito a um cuidado específico de uma pessoa por outra, denotando grande estima a ponto de produzir obediência. Ou seja, esperava-se que os filhos amassem seus pais, demonstrando gratidão pelo cuidado recebido.
É sabido que no antigo testamento a ausência de obediência por parte dos filhos era passível de punição por apedrejamento, o que sinalizava a importância do papel materno ou paterno na vida da comunidade.Biblioteca da Escola
Hoje em dia esse papel já não inspira tão nobres sentimentos. Primeiramente, porque a escola muitas vezes tem assumido o papel protetor, ensinador e discipulador que outrora era requerido das mães. Por conseguinte, as crianças estão cada vez mais propensas a desrespeitar seus pais por não perceberem quão importantes eles são considerados por Deus.
Em segundo lugar, o temor de Deus não tem ocupado o centro do coração do homem. A enormidade de atentados contra a vida dos progenitores notificados pela mídia confirma isso.
Que papel então a escola cristã pode exercer para propiciar o resgate dessa honra que raramente existe no coração das crianças atualmente?
O ensino ainda é a mola mestre de uma escola. Precisamos incutir nas crianças as idéias que Jesus anunciou. Conforme Mt12:48-50:
“Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?”, perguntou ele. E, estendendo a mão para os discípulos, disse: “Aqui estão minha mãe e meus irmãos! Pois quem faz a vontade de meu Pai que está nos céus, este é meu irmão, minha irmã e minha mãe”.
Jesus não está menosprezando sua mãe nesse texto, e nem as mães de forma geral. Ele apenas está ressaltando que a obediência a Deus é que torna os laços espirituais mais fortes e é a ação mais importante. Honrar as mães no mês de maio deveria ser natural, visto que a consideração aos pais, como mandamento de Deus, deveria fazer parte da vida das crianças todos os dias do ano. Presentear as mães é bom, mas não substitui a deferência que deveria ser dispensada a elas nos demais 364 dias.

Entendemos então que incentivar as crianças a produzirem um cartão e um presente não deva ser encarado como algo nocivo. Pelo contrário, pode ser uma oportunidade para se introduzir um estudo bíblico com profundidade acerca do amor, da gratidão e do cuidado que se deve exercer com as mães ou outra pessoa que no momento esteja exercendo esse papel na vida do aluno.
Jesus era muito respeitoso com sua mãe e lembrou-se dela mesmo em meio ao seu sofrimento na cruz. Segundo Jo 19:26, em meio às dores, ele conseguiu enxergar sua mãe ao lado do discípulo amado e sabendo de antemão que iria morrer, encarregou-o de zelar por Maria. Ele conseguiu pensar no bem estar de sua mãe, dando-lhe a honra devida até o fim.

Se formos capazes de ministrar ao coração das crianças a importância de tal gesto de amor, a inserção do dia das mães no calendário escolar já terá valido a pena.

[ Veja fotos da comemoração do Dia das Mães em 2009 ]

[ Veja fotos da comemoração do Dia das Mães em 2012 ]

 [ Veja mais, histórias da Mãe Coruja ]

Rosalice Gualberto
Coordenadora Pedagógica do Colégio Filinhos do Rei
Membro da Diretoria da AECEP



Clique para comentar este ARTIGO.
(Obs.: Seu e-mail não será divulgado.)

INSTITUCIONAL
MULTIMÍDIA
INFORMAÇÃO
OUTROS
Rua Cícero Fernandes Pimenta, 433 - Monte Castelo - Parnamirim-RN Fone 84 3272.3432
© 2007-2018 Imago Dei Instituto de Educação Cristã
ConexãoDigital.com