HOME •  INFORMAÇÃO • Artigos
Evangelismo bíblico para crianças
Fazendo cada encontro valer para a eternidade

O que há de errado com esta situação?
Há vários anos uma equipe missionária promoveu durante uma semana estudos bíblico para crianças no quintal de uma casa. Ao final da semana, as crianças foram reunidas para ouvir a versão final de João 3:16. A apresentação do grupo foi evangelística e incluiu os elementos essenciais do evangelho. Ao final da lição, o professor perguntou às crianças: “Se você quiser por sua esperança em Cristo neste momento, levante a sua mão.” Algumas crianças logo levantaram as mãos. Outras repetiram a ação após verem o que as primeiras haviam feito. No final, todas as crianças levantaram a mão em resposta ao apelo.

Quantas dessas decisões foram genuínas? Será que podemos saber?
Eis alguns elementos-chave a serem lembrados ao testemunhar para grupos de crianças:
- Mantenha a apresentação simples, clara e biblicamente exata para evitar confusão.
- Nunca permita que as crianças percebam uma ação física (levantar a mão, ficar de pé, fazer uma oração, ir à frente) como parte da salvação. Ir à frente para conversar com um adulto é apropriado, mas deixe claro para a criança que isso é apenas uma maneira de saber mais sobre a mensagem – não é esta ação que salva.
- Não faça a oração da salvação em grupo com as crianças. Isto pode levar algumas a crerem que a oração tem o poder de salvar.
- Dê às crianças orientações específicas sobre a quem procurar se quiserem aprender mais. Diga-lhes especificamente em que momento podem falar com a pessoa e onde encontrá-la.
Eis um exemplo:
“Crianças, se nunca tiverem tomado a decisão de por sua fé em Cristo como seu Salvador ou se estiverem com dúvidas, as encorajo a pensar nas coisas que expliquei. Se quiserem fazer perguntas ou tirar dúvidas, por favor, venham falar com Davi ou Jennifer. Eles vão ficar sentados bem aqui pertinho do armário – por favor, Davi e Jennifer, acenem com a mão para as crianças os verem. Eles vão passar a tarde toda aqui e gostariam muito de conversar com vocês, crianças. Se tiverem perguntas sobre como conhecer Jesus ou se quiserem conversar, podem vir aqui com Davi e Jennifer.”
Se você for o conselheiro encarregado (como Davi ou Jennifer), lembre primeiro de estabelecer o porquê de a criança estar vindo falar com você. Sua primeira pergunta é: “Por que você veio falar comigo?”
- No diálogo com a criança, procure saber:
A criança entende por que precisa de Jesus? “Você poderia me explicar por que você acredita que precisa de Jesus?”
A criança entende o que Cristo fez por ela? “Você poderia me explicar por que Jesus morreu na cruz?”
A criança deseja pôr sua fé e esperança em Cristo para a salvação neste dia? “Você gostaria de pôr sua fé e esperança em Jesus como seu Salvador neste momento?”

Apresente o evangelho às crianças regularmente. Faça isso frequentemente – individualmente e em grupos.

Fonte: www.evantell.org
Tradução e publicação autorizada: Fernando Guarany - www.evangelismobiblico.com.br


Clique para comentar este ARTIGO.
(Obs.: Seu e-mail não será divulgado.)

INSTITUCIONAL
MULTIMÍDIA
INFORMAÇÃO
OUTROS
Rua Cícero Fernandes Pimenta, 433 - Monte Castelo - Parnamirim-RN Fone 84 3272.3432
© 2007-2018 Imago Dei Instituto de Educação Cristã
ConexãoDigital.com